Husserl e a história

Sobre o "Im Zickzack Vor- Und Zurückgehen", no § 9 da "Crise das Ciências Europeias"

  • Carlos Morujão Universidade Católica Portuguesa

Abstract

O presente ensaio procura compreender a concepção husserliana da história a partir de conceitos tais como Urstiftung, Wiedererinnerung e Nachstiftung. Tentar-se-á, não só perceber as razões subjacentes à concepção teleológica da história, presente no livro da Crise (e nos textos que lhe andam associados) e na Conferência de Viena de 1935, bem como o tipo de concepção do tempo histórico que é correlativa dela, mas também, sobretudo, detectar a possibilidade —a partir dos textos mesmos de Husserl— de uma outra concepção, mais apta a exprimir a novidade e a contingência.

Published
2007-10-01
How to Cite
MORUJÃO, Carlos. Husserl e a história. Phainomenon, [S.l.], n. 14, p. 143-156, oct. 2007. ISSN 2183-0142. Available at: <http://phainomenon-journal.pt/index.php/phainomenon/article/view/134>. Date accessed: 23 july 2018.
Section
Articles